17 abril 2013

Oficiais alemães desistem de servir no front

. O Bild Zeitung traz hoje uma interessante reportagem.

. Oficiais alemães estão se negando a servir no front.

. Segundo  o Artigo 4 da Constituição alemã, os soldados tem o direito de se negar a ir para o front - mesmo os que servem há muito tempo.

. Ano passado, 91 soldados se negaram a defender os privilégios da classe dominante alemã.

. 7 vezes mais do que no ano de 2009.

. Se na década de 60 os jovens iam às ruas gritar: Nie wieder Krieg! (nunca mais guerra), hoje, o governo de direita grita: Nie wieder Krieg .... ohne uns! (nunca mais guerra ... sem nós!), e envia os jovens para as guerras ao redor do mundo.

. Muitos jovens, para não ficarem desempregados ou sub-empregados e viverem do Hartz IV, se registram no exército e são mandados para o Afeganistão, recebendo 200 Euro por dia na conta aqui na Alemanha e tendo todas as despesas pagas na terra invadida.

. É esperar para ver como esse caso se desenrolará.

2 comentários:

Pedrasnuas disse...

Desconhecia !!! Eles dão a imagem se superioridade mas não é bem assim!!! Obrigada pela visita. Beijo

Jussara Seixas disse...

Olá Glória, troquei de PC e perdi meus endereços de e-mail, poderia me enviar o seu.
Um grande abraço

Jussara Seixas