23 março 2012

Não vivo sem. Sempre que venho do Brasil trago vários comigo

3 comentários:

Patrick disse...

Também não vi nada parecido na Europa. Nossas empresas deveriam se internacionalizar não só nas comodities, mas também nas marcas. Phebo tá deixando passar batido...

Adir disse...

A Phebo não é uma empresa brasileira faz tempo! Igual o Chá Mate...

ANTONIO Valentim disse...

Já foi paraense, um dia. Pena que não faça propaganda à altura de sua qualidade.