03 dezembro 2010

Só para fazer inveja a vocês

Estou cozinhando bobó vegetariano (sou vegetariana).

No lugar de camarão uso milho e, agora vem a razão de provocar inveja em vocês, quiabo.

Sim.

Quiabo é raríssimo aqui.

É especiaria.

Tou babando só de pensar.

Ok, ok, sei que vocês podem ir na venda da esquina ou em qualquer supermercado e comprar quiabo.

Aqui não.

8 comentários:

Wilson disse...

Quiabo com abobrinha, picados em cubo e rodelas....gosto muito!!!Mas so quem faz é minha mãe.....e faz um bom tempo (uns 25 anos pelo menos)que não como....hummm

Anônimo disse...

Hehe ... verdade q dá "inveja".

Mas, mas meu consolo, minha mae e irma estao chagando dia 23 e ... rabanada, salpicao, galinha ao molho pardo, pastel, coxinha, e outras coisas q adoro, me prometeram fazer.

E isso sem falar no q estao me trazendo, como doce de batata doce, temperos regionais, etc ...

Contanto os dias prá chegada das 2 ... mais minha sobrinha q mora em Lousane.

Delicie-se afinal, como vc mesmo disse, raríssimo achar qiabo por aqí.

Inté,
Murilo

Ruy barbosa Maciel disse...

Mas afinal onde vcs estão? Eu ´tô em minas e não fico sem meu franguinho caipira com quiabo de quina, ao menos uma vez ao mês.

Ruy Barbosa maciel- Governador Valadares MG

Anônimo disse...

Caro Ruy,

Moro em Copenhague e, esse papo de qiabo + galinha ao molho pardo + coxinha + chimarrao + acarajá + pastel de palmito + queijo mineiro + goibada + moqeca de peixe + feijoada + baiao de 2 + etc ...

Inté e
FELIZ NATAL, desde já a todos,

Murilo

Glória Leite disse...

Oi, Rui, moro na Alemanha a 19 anos.
Abraço

Avelino disse...

Salve Salve Gloria
Deve ser duro morar num pais pobre, que tem internet facil mas não tem quiabo.
Que peninha de vocês.
Saudações

Anônimo disse...

Quiabo, que delícia!!! Moro em Minas e minha tia sabe fazê-los de um jeito bárbaro: cozidos em água e sal, escorridos e depois picados grandes com tomates e cebolas e azeite e limão...... Como é possível viver sem quiabo? A propósito, conheci um angolano que disse que os quiabos são muito apreciados também por lá... Comê-los nas grandes cozinhas, cercados de parentes, muita conversa e o sol lá fora rachando...Não troco isso por outro lugar no mundo...

JOEL disse...

Se refestelou, hein, cabelinho de milho? hehehe...

cácumDEUS!

:p